Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fisiculturista Andradinense com deficiência dá exemplo de superação - Rádio Metrópole FM 87,9 - Andradina/SP

Fale conosco via Whatsapp: +55 18 99643-0237

No comando: Despertando Metrópole

Das 6:00 às 8:00

No comando: Viajando pelo Sertão

Das 6:00 às 9:00

No comando: Bom dia Metrópole

Das 08:20 às 11:00

No comando: Toque de Mulher

Das 11:00 às 11:30

No comando: Jornal Metrópole No AR

Das 11:30 às 12:00

No comando: Pagodear

Das 12:00 às 14:00

No comando: Sintonia Total

Das 14:00 às 16:00

No comando: Super Hits

Das 16:00 às 17:00

No comando: Sertanejão Metrópole

Das 17:00 às 19:00

No comando: Um Toque de Classe

Das 18:00 às 19:00

No comando: Top 10

Das 20:00 às 21:00

No comando: Amnésia

Das 20:00 às 22:00

No comando: Top BR

Das 21:00 às 22:00

No comando: Gás Total

Das 22:00 às 00:00

No comando: Songs OFF Love

Das 22:00 às 00:00

No comando: Fim de Noite com Deus

Das 22:00 às 22:30

Fisiculturista Andradinense com deficiência dá exemplo de superação

A história do atleta Vinicius Spontoni é inteira de superação. Desde que nasceu ele possui deficiência física, decorrente de uma série de hemorragias que sua mãe teve e que deixou ele sem oxigênio no cérebro. Apenas com 4 anos de idade ele começou a andar. Após anos de tratamento, ele viu na musculação a oportunidade de se desenvolver melhor.

Crédito da foto: Matheus Chaves/Esporte Fitness

“Comecei a treinar com 20 anos, eu fazia fisioterapia, mas a musculação foi o que mais me ajudou. Entrei no esporte para motivar as pessoas com deficiência. Tem muita gente que reclama muito e não corre atrás do sonho”, disse.

Já no fisiculturismo ele começou um pouco depois, quando viu uma atleta com deficiência em cima do palco competindo. “Coloquei na minha cabeça que eu também era capaz e hoje estou aqui”.

Três vezes campeão paulista, duas vezes campeão brasileiro, três musclecontests e outros títulos. Com esse currículo não é difícil de imaginar que Vinicius seja famoso no meio esportivo.

“A primeira vez que eu fui na musclecontest eu conheci o Sardinha e na segunda vez eu conheci o Bambam. Eu não imaginava que o Bambam fosse chegar em mim e dar uma grande moral. Eles são bem humildes”, comentou.

Em relação a treinos, Vinicius disse que utiliza mais as máquinas. “Os meus treinos são mais concentrados em máquina. É bem mais fácil, mas eu treino perna, faço agachamento livre também, no entanto, sempre tem que ter alguém me acompanhando”.

Para encerrar, o atleta deixou uma mensagem para os deficientes. “Independente do esporte, corra atrás, não fique se lamentado e chorando. Você tem que correr atrás do seu sonho, pois com a deficiência você vai viver pelo resto da vida”.

Deixe seu comentário:

Peça Sua Música no Whatsapp

Fale conosco via Whatsapp: +55 18 99643-0237